fbpx

Por que um funil de vendas cheio não garante o aumento do faturamento?

funil de vendas

A geração de leads é fator fundamental para fazer qualquer empresa se desenvolver. Porém, se esta geração de leads não resultar em leads qualificados, de nada adianta ter uma base de funil de vendas cheio. Isso porque sua base poderá estar cheia de leads que não estão no momento de serem abordados comercialmente, ou que demandam muito tempo para serem convertidos em vendas.

Ou seja, para ter um aumento concreto do faturamento é importante ter leads qualificados de acordo com o tipo do negócio e o perfil da empresa. Por isso, vamos mostrar neste post, como ter um funil de vendas estruturado para que os resultados alcançados resultem em sucesso. Vamos lá!

Porque gerar leads qualificados é importante para sua empresa?

Ter mapeado o perfil do cliente ideal que sua empresa deseja alcançar é o primeiro passo a ser dado. Com estas informações ter estratégias de geração de leads utilizando conteúdos ricos, landing pages, formulários é a base de qualquer estratégia de vendas trarão os primeiros resultados na geração de leads.

Tendo a primeira base de contatos, é possível identificar aqueles leads que se aproximam do perfil da sua persona, que interagem com sua empresa e demonstram interesse nos conteúdos que você tem a oferecer. Fazendo esse comparativo, você terá em mãos seus leads qualificados.

Sua persona te indicará o perfil do cliente, com cargo, empresa, poder de decisão, entre outras características, assim como quais são as dores delas que sua empresa pode resolver.

Gerar leads qualificados é o principal caminho para otimizar a operação do seu time comercial, porque conhecendo-os, a abordagem comercial direta terá muito mais assertividade do que em um contato com um lead que não está preparado para este momento.

funil de vendas

 

Porque ter o funil de vendas cheio não é garantia de sucesso?

Muitos acreditam que, quanto mais leads são gerados, mais cheio o funil estará e consequentemente maior será a taxa de conversão em vendas. Mas esse é um pensamento parcialmente errado.

Quando se tem uma estratégia de marketing digital estruturada para gerar a geração de leads, e ela forneça o máximo de dados e informações para sua qualificação, tudo está sob controle. Porém, se a busca por leads não passa por uma estruturação e os leads são gerados aleatoriamente, e as informações coletadas são mínimas, sua empresa pode estar caminhando por caminhos tortuosos.

Por isso que nem sempre um funil de vendas cheio é garantia de sucesso e aumento do faturamento de vendas. Pelo contrário, sua empresa pode estar enchendo o time comercial com atendimentos que serão somente uma perda de tempo e recurso. Para você não cair nesta cilada, nós separamos os quatro principais erros que sua empresa precisa evitar para garantir a geração de leads realmente qualificados.

Quais são os erros que você precisa evitar?

Não mapear a jornada de compra

Se sua empresa não conhece o caminho que o lead percorre até o momento de decisão de compra já está cometendo um dos grandes pecados capitais. Conhecendo a jornada de compra desde a etapa de aprendizado e descoberta até a tomada de decisão, fica muito mais simples identificar se o lead já está em um momento de ser abordado pelo time comercial ou não.

Além disso, mapeada a jornada, torna-se muito mais simples entender quais são os conteúdos que devem ser criados e entregues para os leads, para que eles estejam qualificados no momento do contato do seu time comercial.

Não ter landing pages otimizadas para conversão

As landing pages são ferramentas essenciais para a conversão. Tanto de visitantes para leads, quanto de leads para leads qualificados e oportunidades. As landing pages devem ter apenas um call to action, uma descrição sobre o conteúdo que será entregue e um formulário coerente com a etapa do funil de vendas que o conteúdo se encaixa.

Por isso, é importante ter landing pages alinhadas e otimizadas para a conversão. Se o objetivo é fazer a captura de leads, o conteúdo e formulário devem estar alinhado para este momento do visitante. Se o objetivo for qualificar os leads, o mesmo deve ser realizado. Lembre-se que para cada etapa do funil de vendas e da jornada de compra, as perguntas que estarão no formulário são a fonte de dados para sua empresa qualificar melhor os leads.

Não integrar suas estratégias de geração de leads

Sua empresa pode ter diversos canais para a aquisição de leads. Mídia paga, marketing de conteúdo e mídias sociais são as principais delas. Mas se as estratégias não estiverem integradas provavelmente você terá maiores dificuldades na qualificação dos seus leads.

Por isso, tenha uma linguagem própria e unifique tudo em uma única plataforma. Ou seja, considere todas as ferramentas que você utiliza como parte da sua estratégia e use-as em conjunto. Um bom exemplo é utilizar as mídias pagas, redes sociais e marketing de conteúdo na geração de leads; automação de marketing e mídia paga na nutrição e qualificação.

Não mensurar os resultados

Se sua empresa não sabe onde deseja chegar realizando as ações para geração de leads é bom retomar do começo. Quando se sabe onde se deseja chegar, ou qual a régua que define um lead qualificado é possível criar métricas para acompanhar a estratégia e entender se ela está no caminho certo.

Não mensurar os resultados é assinar o termo de que seu barco está desgovernado e provavelmente seu time de vendas terá mais trabalho do que o necessário para fechar novos negócios.

Por isso defina os resultados chaves a serem alcançados desde o começo. Busque, em todos os dados que podem ser coletados se o caminho traçado está coerente com o objetivo estratégico. Assim você mantém um funil de vendas cheio, porém com leads de qualidade para serem trabalhados.

Portanto, ter um funil de vendas estruturado para a geração de leads realmente qualificados, requer atenção e cuidado durante sua estruturação. Ficou curioso para saber mais sobre e entender como melhorar seus processos de vendas? Acompanhe o nosso blog e fique por dentro das novidades!