Vendas

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba conteúdos gratuito e exclusivos!

Precificação: como utilizar pesquisas para calcular o preço de um produto?

Por Diego Malta | 22 de julho de 2022
 Precificação: como utilizar pesquisas para calcular o preço de um produto?

Precificar um produto ou serviço é uma das tarefas mais difíceis dos negócios, afinal de contas, muitas variáveis devem ser levadas em consideração. Isso é tão importante que pode ser fator determinante para o sucesso ou o fracasso financeiro de uma empresa. Uma forma eficiente de calcular a precificação de um produto é fazer pesquisas.

Elas são importantes para identificar o preço que seu cliente em potencial estaria disposto a pagar pelo seu produto. Hoje em dia, é possível realizar diversos tipos de pesquisas e disponibilizá-las de forma online para ajudar a calcular a precificação ideal para sua solução. 

Por meio das pesquisas, o consumidor em potencial e a sua base de clientes podem passar informações valiosas que vão ajudar sua empresa a descobrir mais facilmente se o preço está muito elevado ou baixo demais.

Neste artigo vamos mostrar como as pesquisas de precificação podem ajudar a calcular o preço correto para seu produto ou serviço.

Por que é importante fazer uma pesquisa de precificação

Por meio das pesquisas de precificação, é possível coletar informações de seu público em potencial para descobrir se o preço que você pretende definir é, por um lado, viável para seus futuros clientes e, por outro, para a manutenção de suas operações.

Definir o preço correto do seu produto é tão importante que ele é um dos famosos 4 P’s do marketing difundidos por Philip Kotler.

A partir dessas pesquisas, é possível analisar os dados e testar se o preço pretendido é realmente o mais adequado à realidade. Essas informações coletadas sobre a aceitação do preço por parte de seus clientes em potencial podem evitar problemas futuros, como encalhe de produtos ou prejuízo financeiro pelo valor cobrado não cobrir os custos de sua operação ou trazer o lucro necessário para sua empresa.

Pesquisa aberta para calcular a precificação

Esse é um tipo de pesquisa bastante comum e uma das mais simples também, o que é ótimo, especialmente para quem deseja retorno mais rápido dos resultados. Outra vantagem é que ela é perfeita para pesquisas menores, ou seja, com menos de 400 respostas.

Ela funciona da seguinte forma: você começa mostrando o seu produto ou serviço, o conceito, como funciona e quais os benefícios e vantagens. E, ao final, deixa um campo de resposta em aberto, perguntando quanto a pessoa estaria disposta a pagar pelo produto ou serviço.

Lembrando que, como a resposta é em aberto, é bom que a orientação de como responder à sua pesquisa de precificação seja clara e objetiva. Por exemplo, é um valor mensal ou anual? Isso tem que ficar claro! Também é preciso ter cuidado para evitar valores negativos e determinar a moeda a ser usada para a compra.

Precificação com a Pesquisa de Van Westendorp

Não se deixe assustar pelo nome complicado. Saiba que este tipo de pesquisa é excelente e também simples de ser colocada em prática para calcular a sua precificação.

Também conhecida como Price Sensitivity Meter (PSM), ou Pesquisa de Sensibilidade de Preço, ela foi desenvolvida pelo economista Peter van Westendorp em 1976.

A ideia inicial é mais ou menos a mesma da pesquisa anterior: o primeiro passo é mostrar o conceito do produto, principais características, como usar, entre outras informações. A seguir, devem ser abordadas 4 perguntas com respostas abertas:

  1. O quanto este produto seria tão caro que você não compraria?
  2. Para este produto, qual valor seria tão baixo que você acharia que a qualidade não é boa?
  3. Quanto custaria este produto para que você não desista de comprar, mas que teria que pensar um pouco antes de tomar a decisão?
  4.  Quanto você pagaria pelo produto e se sentiria satisfeito de ter feito uma boa compra?

Ao final, você deve utilizar essas perguntas para criar um tipo de gráfico que vai revelar qual o preço mais próximo para cobrar pelo produto que seria capaz de maximizar suas receitas. Seria um gráfico bem parecido com este aqui:

Precificação

Você também pode usar essas respostas e relacioná-las com outros fatores significativos na hora de calcular sua precificação, que não só tenha a ver com o feedback da pesquisa. Eis um exemplo:

Precificação

Potential MRR at difference price points

 

Disposição para pagar: fechado

Ao contrário das pesquisas citadas anteriormente, neste tipo de pesquisa de precificação, a resposta do consumidor ou cliente precisa ser respondida e você terá que oferecer a eles opções. 

Aqui você pode usar, basicamente, a mesma estratégia de pesquisa da Disposição para Pagar em aberto. A única diferença aqui é que, em vez de oferecer a opção de respostas abertas, elas serão fechadas, ou seja, de múltipla escolha. 

É interessante oferecer entre 4 ou 6 opções. Dentre as opções, uma delas precisa ser aquela que vai, pelo menos, cobrir todos os seus custos. Por exemplo, digamos que você oferece 5 opções de preço, a terceira deve ser esse valor que cobrirá as despesas da empresa.

A ideia para novos produtos e serviços é que você não espera receber mais de 400 respostas.

Não abra mão de entender o seu público

Entender se o seu público-alvo está realmente disposto a pagar pelo seu produto ou serviço é algo valioso e você precisa aplicar pesquisas para chegar ao seu preço ideal. Só assim será capaz de entender o que eles realmente esperam da sua empresa e o quanto pagariam para ter algo que o seu negócio oferece.

Se sua empresa está precisando de uma estruturação profunda na área de vendas, fale com um de nossos especialistas e descubra como podemos ajudar, com nossa Consultoria de Estratégia Comercial.

Para mais conteúdos sobre Vendas e Customer Success, assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades da semana!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x